quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Um pouco do chá!



E agora que passou o chá da Clara, posso falar a vontade de todas as coisas que fizemos e deixar muitas ideias de faça você mesmo por aqui.

Decidi fazer um chá de fralda ao invés de chá de bebê comum, pois a Clara já ganhou muitas coisas e eu mesma por ser uma mãe afobada comprei outras. E também não adiantaria eu fazer estoque de mamadeiras e de outras coisas que ela não usaria imediatamente. Justamente porque nosso apartamento não tem espaço para guardar.

As fraldas são úteis por demais! E ganhá-las vai nos gerar uma economia nos dias que virão. Claro que tive que guardar as M e G na casa da minha mãe, enquanto as RN e P estão lá em casa. Perdi a conta de quantos pacotes ganhei, foram muitos!

Minha primeira ideia era fazer um chá pra poucas pessoas, umas 30 para amigas bem próximas e usaria o salão do meu condomínio. Mas a Clara é tão amada por tantas pessoas que acabamos convidando cerca de 100 pessoas para o chá. Não se assuste com o número de mulheres, quem é obreiro na igreja sabe que alcançamos este número facilzinho. São muitas irmãs em Cristo, além das familiares e amigas.

Como o chá foi feito no meio da época de férias eu calculei que umas 60 pessoas iriam, e dei uma margem pra cima de 10 pessoas. Então foram calculados comida, lembrancinha, bebidas para 70 pessoas. E acertei na mosca. Estávamos em 70 pessoas lá.

O salão da igreja é bem amplo, arejado e iluminado. O calor estava de rachar. Mesmo com ventiladores todas fizemos uma sauninha. Foi um dia típico de verão.

A Clarinha foi abraçada, beijada, acariciada. E tava quietinha o tempo todo na minha barriga. Normalmente é assim, se eu estou muito agitada ela fica calma, se eu deito e relaxo, ela se mexe sem parar. Minha princesinha.

Surrupiei umas fotos da Tânia, uma pessoa muito querida que estava com a gente só para terem ideia de como ficou. Com o tempo vou postando mais sobre os detalhes.

Como a maioria sabe eu sou web designer e mexer com festinhas é a minha paixão. Tenho uma lojinha da Elo7 com algumas coisas que eu faço. E por ser o chá de fraldas da minha filha, não poderia deixar de encher tudo de fru fru.

Na mesa principal colocamos somente os doces. As madeiras foram emprestadas e alugadas. O painel de fundo foi ideia minha, copiando mil ideias do pinterest. Em outro post coloco mais detalhes

Mesinha com as lembranças, também alugada. As letras do nome dela comprei numa lojinha e o papai pintou com tinta spray. As lembrancinhas foram idealizadas por mim, e com a baita ajuda de confecção da minha cunhada Thais, mãe e sogra.

As mesas, optei por colocar um cobre mancha verde, que pra quem tem mãe costureira saiu só o preço do tecido, cerca de R$ 35 pra fazer as 20. As louças foram descartáveis. Porque nenhuma grávida merece ficar lavando prato sujo depois do chá. E as flores, naturais são mosquitinho importado, comprado no Ceasa por R$ 18,00 o maço. Que vem com 5 pézinhos de flor. Na floricultura comum eu iria pagar R$ 28 o mosquitinho comum, aquele mais miudinho. 
Eu sonhei muito com cada detalhe. Pensando no que ficaria mais bonito e como eu passaria a alegria desta gestação pra todas as pessoas que eu amo e que estariam lá. Desejei que elas sentissem o carinho que eu tenho sentido de Deus nesta etapa tão especial das nossas vidas.

Espero que tenham gostado. Foi muito difícil fazer uma festinha pra mim, ao contrário do que as pessoas pensam eu acho mais fácil fazer para as minhas amigas do que pra mim mesma. Mas no fim consegui ir afinando as ideias e concluir tudo com a ajuda de algumas amigas e amigos especiais. Obrigada a todos que fizeram este dia ser possível.

E deixo uma dica, pra quem pode e tem tempo de escolher:  fazer o chá com no máximo 30 semanas. Eu com 33 semanas já estava bem inchada e cansada. Eu não pude fazer antes por conta das festividades de final de ano, mas fica a dica da mamãe May.

Beijinhos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...