quinta-feira, 31 de março de 2016

O quarto da Clara


Já se passaram seis meses desde a última notícia pelo blog. Com a correria do dia-a-dia no fim quando sento no computador é só para trabalhar mesmo. Mas, tava aqui com os meus botões e pensando que eu precisava atualizar minhas amigas sobre o quarto montessoriano da Clara.

Como eu tinha dito antes, é um quartinho em constante adaptação. A gente vive mudando e deixando adequado a fase que ela está.

O quartinho era assim
Em dezembro colocamos mais um colchonete no chão, porque a Clara insistia em acordar no tapete. Foi uma boa solução, mas temporária.

Aí então veio a nossa solução, uma vizinha da minha mãe havia ganhado 3 camas, uma delas era mini cama e perguntou se a gente não queria. E a gente se jogou na oportunidade. A Clara já estava desenvolta, descendo e subindo das coisas e conseguiria manter a independência no quartinho dela, como a gente sempre quis que fosse. 

Foi a solução perfeita.

Aqui em baixo o vídeo do momento em que montamos a cama, colocamos o colchão, lençol... É de emocionar. Acho mesmo que nossa menina achou que nunca ia ter uma cama, de tanta alegria. E ver ela alegre nos alegrou ainda mais.

video

A pergunta que não quer calar é se valeu a pena ter deixado nossa bebê no chão, o que horrorizou muita gente, mas acredito que valeu sim. Ela sempre se sentiu livre no quarto dela e a sensação de quem entra é que o quarto é dela mesmo. Tudo baixinho.

Conhecendo esta mini-cama da Tok Stok, digo que dá tranquilamente para usar direto com um bebê. No máximo no início colocar mais uma barra de proteção. E depois fica a caminha pra muitos anos. Ela é linda. Aqui em casa foi sucesso!



A gente trocou também o posicionamento do espelho, e colocamos uma barra que nada mais é do que um varão de cortina, para ela treinar ficar de pé. 
A Clara tem evoluído dia após dia. E eu amo fazer com que ela se sinta bem no seu quartinho. Ali é o cantinho dela.

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Atividade da Clara


Há algum tempinho a Clara começou a se interessar pelas etiquetas de brinquedos e também fitas. Acredito que tenha sido na entrada do sexto mês. Aí eu comecei deixar ela brincar com as fitinhas até que um dia ela quis engolir uma, e me deu um susto.

Aí pesquisando atividades para crianças na internet achei uma ideia incrível e resolvi fazer para ela. As imagens abaixo são do pinterest!



O brinquedinho não requer muita habilidade, só pegar uma caixinha, fazer furos e colocar fitas. Não esquecer dos nós para que não escape a fita e o bebê tenha a oportunidade de engolir.

Abaixo a Clarinha brincando com o dela. Ela amou!


video




terça-feira, 15 de setembro de 2015

Book Clara {6 meses}


Reencontrei a Jeise no aniversário do filho da nossa amiga. E disse para ela: Eu queeero que você fotografe a Clarinha! Sou apaixonada pelas fotos dela, vejo tanto amor ali que é impossível não gostar! E foi com esse pedido que demos nosso jeitinho e conseguimos fazer o book da Clara e da nossa pequena família.

Resolvi postar algumas fotos e vou postando aos poucos para não gastar. Porque as fotos são lindas e vale ir olhando aos poucos. Não porque somos celebridades, mas porque eu sei que muitos amam nossa família e amam acompanhar a Clara por aqui ou no facebook. É uma forma de estarem perto da gente e nós perto de vocês.

Indico a Jeise de coração cheio. Vale a pena, ela é muito amorosa e bom o resto vocês podem ver pelas fotos. http://www.jeiphotos.com/












quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Retrospectiva 6 meses




A Clara já fez 7 meses e faz tanto tempo que eu não escrevo que nem sei por onde começar.

Uma das coisas que eu posso dizer dos primeiros seis meses de vida da Clara é que aprendi que o instinto materno não falha. Muuuitas pessoas podem vir e te dizer o que você deve fazer com seu bebê, desde acrescentar um cházinho para cólica, ao tipo de roupa. Ou que deve inserir a alimentação mais cedo. Mas nunca deixei de fazer o que eu me sentia segura e claro, o que a pediatra da Clara falava.

Eu amo a pediatra dela, a Dra. Monica. Ela é mais natureba como eu, e pensa como eu. Não é o tipo de médico que em qualquer nariz escorrendo vai receitar um remédio forte. Sempre tenta com coisas simples, como uma inalação com sorinho, para o dentinho uma camomilina. Sempre tentei primeiro as coisas que ela receitava e SEMPRE deu certo. Até agora o único remedinho que a Clarinha tomou é o Tylenol mesmo, por causa da dorzinha na perna da vacina.

Falando em vacina, isso é algo punk. No começo eu tremia de medo de saber o que ela faria. Eu e o Her optamos por dar as dos dois, quatro e seis meses na rede particular e não me arrependo.

Sobre o desenvolvimento dela é incrível. Ela é uma folha em branco que Deus nos deu e tem nos instruído a ensinar. Como a maioria das pessoas sabe eu uso o método montessoriano com a Clara e por enquanto tem dado certo. Não senti necessidade de mudar a cama dela. O máximo que eu farei agora que vai esquentar é dedetizar nossa casa contra aranha marrom para evitar qualquer problema com ela. Já tive surpresas do tipo, ela acordar fora da cama de barriga pra baixo e de cabeça pra fora do colchão mas sempre que acontece isso ela nos chama e a gente vai lá e "arruma" ela.




Ela tem se mostrado uma menina de um humor incrível, dá muitas risadas mas tem horas que fecha a cara com a sobrancelha enferruscada e não quer papo.

Acorda de muito bom humor e falando bem baixinho e confesso que é uma das horas que eu e o Herbert mais amamos. Chegamos nela e enchemos de beijo. Ela continua dormindo a noite inteira. "Obrigada Jesus!" Dorme perto das 23h00 e acorda entre 7h00 e 8h00. Eu amooo isso. Porque eu juro que no primeiro mês achei que eu nunca mais iria descansar e ser a mesma. Sério, a falta de sono nos deixa irracionais.

Mas a fase de mamar de duas em duas horas passou e hoje me alegro em poder dormir a noite toda. Um presente de Deus!

Com seis meses aconteceram duas mudanças importantes na vida dela, a primeira foi a introdução alimentar, ela não teve dificuldades de comer, amou as frutinhas, no começo não curtiu muito o mamão mais agora ela ama. E a primeira papinha salgada foi catastrófica. Comprei tudo pra fazer a papinha e ela não comeu uma colher.

Fiquei meio triste na hora, mas a minha mãe disse: pega firme que ela vai acostumar, e hoje come de tudo o que a médica passou. Um orgulho.

Come até a cadeirinha se deixar
Recentemente nasceu os dentinhos dela. No dia em que fomos dar a vacina dos seis meses ela abriu a bica para chorar e o Herbert disse: Eu viiiii, eu vi o dentinho dela! A senhora que aplica a vacina disse: Quem vê primeiro tem que dar uma jóia! A jóia não chegou mas o dentinho tá uma graça.


Nos seis primeiros meses acontecem tantas transformações na vida dela e na nossa. A Clara passou de um bebê frágil e indefeso, pequenina, molinha para um bebê grande, doce, faladeira. Eu deixei meu emprego, me adaptei a nova rotina, aprendi que neste momento tudo gira em torno dela. Do seu soninho, da sua alimentação. Nunca mais acordar 10 minutos antes de sair, porque tenho que arrumar as coisinhas dela, pensar no que ela vai vestir, comer... As vezes no meio da troca acontece alguma surpresa e temos que trocá-la de novo.

Um novo mundo se abriu para nós através da vida dela. Vemos Deus em tudo o que ela faz e no que ela tem se tornado. Agradeço a Ele pelas nossas conquistas como família, que tem nos unido e nos fortalecido a cada dia. E o nosso amor só cresce! 


video

Clarinha faladeira




Parabéns filhinha!







Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...