terça-feira, 11 de maio de 2010

Feijão, hummm...

Me diga agora que um feijãozinho não vai bem? Hum é uma delícia com umas linguicinhas e um arroz branquinho. É MARA.


Enfim falando do feijão esta semana lá na igreja me lembrei da primeira vez que fui fazer feijão aqui em casa. Comprei uma feijão branco ( que na real de branco não tem nada, ele é marrom) e conforme as dicas de minha mãe, escolhi e depois lavei e então pra panela, depois que chiar espera uns 30 minutos. Animada pedi pro meu marido ir num mercadinho aqui perto comprar um Paio. Depois de passados os 30 minutos abro a panela e a linguiça não veio, porque na banquinha só tinha calabreza. Na época achava que só Paio era linguiça do feijão, hoje eu sei que no feijão pode ir quase tudo hehehe.

Delícia, feijão temperado só com cebola e alho mesmo, mesmo que segundo minha mãe diz não é o certo, mas é asssim que eu gosto. E coloquei no meu pratinho em cima do arroz, é tipo um ritual sabe? Coloco o arroz no meio do prato e o feijão bem em cima! Tudo misturadinho.

Quando eu fui comer... Claro! Apareceu umas coisinhas branquinhas tipo uma minhoquinha, fiquei desesperada, e o meu marido perguntou "você escolheu bem?". Na real eu sabia que tinha escolhido tudo certo, então optei por ligar pra minha mestra, minha mãe e ela disse que eram os brotinhos do feijão. Comprei uma marca meio ruim, só pode.

Mas comemos o feijão, estava bom, com bichinhos ou brotinhos hehehe estava bom. Agora meu feijão é mais gostoso tanto que o Herbert que nem era muito fã de feijão come um monte.

As experiências culinárias sempre rendem histórias.

Um comentário:

  1. Amiga vou fazer propaganda aqui no seu blog: Compra da marca "Caldo bom" que não tem erro rsrsrssr...

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...