quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Viagem a dois - Parte I


Sabe quando você tem uma vontade imensa de viajar? Eu direto tenho isso, quando nos casamos, eu e o Her fizemos a escolha de viajar sempre que possível. E normalmente nossas viagens tem rumo a praia, Balneário Camboriú, onde foi nossa Lua de Mel, Floripa, Bombinhas, Piçarras... Tudo pertinho daqui. Dessa vez o Herbert me incentivou a realizar um grande sonho, dois na realidade. Viajar de avião e conhecer Gramado. A viagem de avião claro, é uma coisa que sempre quis viver, saber como é, a decolagem, as turbulência, o pouso, enfim, eu queria muito ter esta experiência. E Gramado eu sempre fui apaixonada, toda vez que via no jornal a cidade toda enfeitada pro Natal, a delicadeza da arquitetura, dos artesanatos, tinha muita vontade de saber como era.

Enfim, no dia 15/12 embarcamos para Porto Alegre, viagem de avião rapidinha, 54 minutos -"A gente demora mais tempo esperando a mala sair pela esteira do que no voo". A viagem foi rapidinha, fomos sábado bem cedinho e voltamos na segunda cedo também direto para o serviço.
Eu resolvi contar os detalhes da aventura pra vocês, topam???

Bom como era minha primeira viagem de avião, fui conversando com algumas pessoas pra pedir orientação... mas tem algumas coisinhas que a gente tem até vergonha de perguntar né, porque parece tão bobo, mas eu não sabia nadinha... Uma das minhas maiores dúvidas era referente a bagagem. Mas eu tive várias hehehe Bom eu me orientei por este site da IG, e deu tudo bem certinho minha gente.
Guia para a primeira viagem de avião : Olha tem dicas excelentes! Tem até uns infográficos das bagagens: Bagagem, bagagem de mão. Veja ali, são bem explicativos, mega esclarecedores.

Nossa bagagem ficou assim, a minha amiga Carol achou meio exagerada, mas é que eu sou mesmo exagerada, tenho medo que falte tudo. E como o Hotel que iríamos ficar era longe da cidade, não podia faltar nadinha. No final toda a bagagem deu 16kg, as duas malas juntas. E o Her foi com a mochila de mão e eu com essa bolsinha verde pra dentro do avião. Ressaltando um detalhe o Aeroporto de Curitiba, é muito organizado, você recebe orientação pra onde deve seguir assim que finaliza as etapas de check-in etc. Agora o de Porto Alegre deixou um pouco a desejar nesse quesito.




Ah o céu!!!! Gente, eu fiquei encantada em voar, que coisa mais incrível. Foi lindamente inesquecível. E eu tava super atenta em ver o céu, e ver as aeromoças e em ver as pessoas rezando até o avião levantar voo enquanto outras estavam mesmo é dormindo. A gente foi pela GOL, não enfrentamos turbulência nem nada, o céu tava lindo assim mesmo!

A gente alugou um carro lá em Porto Alegre pela www.hertz.com vale ressaltar que nessas épocas festivas tem reservar com antecedência, enquanto a gente estava no guichê para retirar o carro, que fica dentro do próprio aeroporto, muitas pessoas foram lá pedir pra alugar carro e eles não tinham mais disponível. A gente alugou um carro que a gente não sabe bem ao certo qual é, escolhemos econômico, poderia ser Palio ou similar. Lá no aeroporto depois que a gente preenche os papéis eles passam um valor bem alto no cartão de crédito, como calção mesmo, depois eles cancelam (pode ficar tranquila!). Preenchido os papéis a gente espera a van da empresa no porta do aeroporto, que nos leva até a loja onde é retirado o carro. Deu tudo certo, e como Gramado fica a 115km de Porto Alegre tivemos quase duas horas de viagem.

Eu e o Her escolhemos  conhecer as cidades primeiro e depois ir para o Hotel no final do dia, e no dia seguinte ficarmos no Hotel, que também oferecia muitas coisas legais. Bom, a gente sabe que tá chegando em Gramado quando avista este portal, que é típico, e quem ama foto, pára lá e fica esperando um monte de gente fotografar ali até chegar a sua vez, foi assim comigo. Fiquei ali esperando um excursão inteira até chegar minha vez. As paisagens do Rio Grande são lindas regadas a muitas hortências. Bem nessa parada eu tive que usar o banheiro público que fica bem ali do lado do portal, eu fiquei admirada com a limpeza deles. É demais gente! E não se dá nem uma moeda para poder usar o banheiro, isso é que é legal! Estava muito quente lá e eu precisei trocar de roupa, e fui lá bem faceira por meu vestidinho e me deparei com um banheiro limpíssimo "-tem algo melhor?"

A próxima parada foi no Lago Negro, lindo e romântico. Não se paga nada pra entrar, mas pra andar de Cisne... lá se vão R$ 15 por 20 minutos, já que a gente tava lá, corremos pedalar um pouco. O parque é lindo, tem muito gaúcho com seu chimarrão, e uma feirinha também bem legal, com artesanatos locais, e lembrancinhas. Depois disso a gente resolveu almoçar ali em Gramado num restaurante fofo e com uma comida deliciosa, e tivemos a surpresa de ganhar muitas moedas de chocolate de uma fábrica local, de sobremesa HuuuUummm!

Essa foto é da Rua Coberta, é tipo uma Rua 24hrs, mas bem mais delicada e fofa, tem barzinhos, lojinhas, fica na Avenida Borges de Medeiros, que a gente pode comparar a Rua Manoel Ribas aqui em Santa Felicidade, mas mais legal! É na Avenida Borges de Medeiros, que tem as lojas de chocolate, os restaurantes famosos e nesta época do ano fica totalmente enfeitada de Natal. Muito lindo, de noite mais lindo ainda.

Falando deles os chocolates... são caros, quase preço de Cacau Show, mas são bons, não comi muito, mas trouxe uma caixinha com muitos deles para a familhagem.

Antes que você estranhe por eu não ter dito nada das apresentações do Natal Luz de Gramado, a gente não teve a oportunidade de assistir. Como decidimos ir meio em cima da hora quando a gente pensou em comprar os ingressos para um dos espetáculos do sábado a noite que era o dia que estaríamos lá para assistir só tinha ingresso na área do tapete vermelho, e era R$ 250, por pessoa. Optamos por não assistir, mas eu assisti alguns vídeos no youtube, e sim, são lindos!!!

Uma das coisas que eu fiquei encantada com Gramado, é a limpeza da cidade. Não tem papel no chão, não tem cheiro de lixo, é tudo muito limpinho mesmo. Lá também não tem guardador de carro e nem mendigo, isso me deixou muito admirada. Me contaram uma história de que toda noite passa um kombi recolhendo as pessoas que vivem na rua, não sei se é verdade. A verdade é que não tem, ah e também não tem cachorro vira-lata perambulando sem rumo. Eu que sou muito medrosa passeei me sentido muito segura, tirando muitas fotos, e apenas me preocupando em aproveitar cada detalhe.

É uma cidade que vale muito a pena conhecer, vale mesmo!

O restante da viagem, o Hotel e Canela eu conto pra vocês semana que vem, que já cansei de escrever e você de ler né, com certeza ;).

Dando uma ressalva pro BOB nosso amigo de fé e padrinho camarada, que me deu um e-mail cheio de dicas especiais e úteis para esta viagem. Obrigada amigo!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...