terça-feira, 12 de junho de 2012

Esqueceram da May Lin


No dia dos namorados, nada como uma história engraçada pra simbolizar o nosso amor.

Você já foi esquecida pelo seu amor??? Eu já fui. E não faz muito tempo não.

Minha cunhada me chamou, ou melhor, eu meio que me convidei pra ajudar ela a arrumar umas coisinhas para o níver da Laís, minha sobrinha.

E nós passamos a noite recortando garrafa pet e colando fitas e queimando o dedo com cola quente.

E o Herbert - maridão estava na aula. Na hora do almoço naquele dia eu REavisei ele que estaria na casa do meu irmão, ajudando nas coisinhas do aniversário da Laís. E que era pra ele me pegar lá, e como ele havia esquecido o celular em casa, reforcei a lembrança do número do interfone. E ele confirmou tudinho, tudinho.

O Her sai da faculdade às 22h40. Deu 22h10 mais ou menos nós já tínhamos terminado todos os nossos afazeres, sentamos na sala e ficamos esperando ele vir me buscar. Minha cunhada perguntou: - Não quer dar uma ligadinha, só pra avisar que já terminamos, e lembrar que você está aqui. E eu: - Não precisa Thaís, ele sabe, eu avisei ele na hora do almoço (na ocasião me esqueci que ele tinha esquecido o celular)

Enfim, deu 23hrs e nada de ele aparecer, detalhe que da faculdade até a casa do meu irmão não era pra dar nem 5 minutos. E eu esperandinho, até comentei com a Thaís: - Ah! Ele deve ter ficado conversando com os meninos depois da aula!

23h10 comecei a achar E-S-T-R-A-N-H-O ele não aparecer. Resolvi ligar no celular dele (ainda tinha esquecido que ele tinha esquecido o celular em casa). Ele atendeu: - Alô! E eu: - Onde você está? E ele: Em casa, ai amor, acabei de chegar aqui, vi a casa escura, te chamei, fui em todos os cômodos (como se minha casa fosse grande e se caso ele me chamasse eu não ouviria, o que é impossível) e vi que você não estava em casa, e acabei de me lembrar que você está no teu irmão. Tô voltando pro centro!

E essa foi a história do esquecimento da minha pessoa. Segundo ele, ele tava com tanta fome, mas tanta fome que só pensava em  chegar em casa e comer. O que não deu certo porque não tinha ninguém em casa.

No aniversário dele, com a família toda reunida tentamos amenizar a situação e perguntar se alguém já havia esquecido o outro alguém que tanto ama. E a resposta foi óbvia: NÃO.

Esqueceram foi de mim!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...