terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Chamando urubu de meu loro


Sim, o tempo passou e agora com meus 26 anos, ou melhor até mesmo antes destes anos chegarem, eu já estava ficando doidinha. Com certeza, a desculpa é da correria do dia-a-dia, uma dona de casa também tem muitas tarefas...

Enfim há algum tempo atrás, o Herbert foi trabalhar e como sempre, eu tiro mais um soninho, acordei, e quando cheguei até a cozinha me deparei com uma etiqueta da Hering, aquela etiqueta com o código de barras, o que obviamente significava que havia alguma roupa nova na área. Mas de quem seria esta roupa?Se não era minha, obviamente era do outro morador desta casa, o Herbert!

Como é possível imaginar, passei o dia todo remoendo o que será de novo que havia com meu excelentíssimo esposo.

Ele chegou em casa com uma camiseta verdinha (que se você o conhece, já deve ter visto ele com ela por aí). E eu mais rápida que a velocidade da luz, perguntei: - Quem te deu esta camiseta? E ele: - Não sei, estava dentro do meu armário. E eu: - Herbert, não minta pra mim, quem te deu esta camiseta???

o_O Tá, depois de uma leve discussão, a verdade veio a tona. Fui eu que dei a camiseta para ele. Na realidade eu tinha dado outra, que acabei trocando por aquela... verdinha. Mas, dei no aniversário dele, e ela com etiqueta e tudo caiu por trás das outras roupas, e acabou reaparecendo alguns meses depois.

Fala sério, isso que eu demorei algumas horas para que minha cabeça conseguisse lembrar que eu tinha trocado por aquela camiseta mesmo. E assim parar de desconfiar da possível pessoa que teria dado um presente para ele sem eu saber.

Resumindo, pra ele foi bom, ganhou uma camiseta nova, depois de ter passado um tempão do aniversário. E eu pude concluir, o tempo passa e a cabeça não é mais a mesma.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...