terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

TAG: Conhecendo a Blogueira


Ao acessar hoje o Blog Passarela Estreita resolvi me inspirar a falar mais de mim.

Primeiro 11 curiosidades sobre mim, pra alguns curiosidade, pra outros nem tanto :D


1. Quando meus pais ainda eram casados minha mãe tinha uma diarista que brincava comigo de escorregar com o esfregão. Pra quem não sabe, é este aí do lado. Eu sentava nele e ela me arrastava pelo corredor da casa. Muito divertido!



2. Eu sempre quis ir muito pra escola. A minha mãe tinha deixado seu emprego e faculdade pra cuidar de mim, e eu bem pequenininha ainda, resolvi que queria ir pra escolinha: Menina inteligente!

3. Passei a adolescência inteira usando calça jeans larga e camiseta. Não gostava de usar blusinhas que mostrassem os braços e nada que mostrasse as pernas.

4. Em todo o tempo escolar eu tinha muuuuito amigos meninos.

5. Sempre fui uma das alunas mais "inteligentes" da minha sala no Ensino Fundamental. A professora entregava a prova e todos vinham me perguntar quanto eu tinha tirado. Minha nota era a referência.

6. Me converti aos 18 anos. E dizia pra minha mãe quando ela me chamava pra ir pra igreja que eu iria, mas nunca deixaria de ouvir CPM 22 (minha banda favorita na época). No fim.... parei hehehe

Herbert
7. No retiro em que me converti, que eu conheci melhor meu marido ele era e ainda é o baterista.

8. Quando eu era criança cantei o hino nacional na sala de aula e meu professor de música disse que era pra eu parar, porque era muito desafinada - pobre criança. Minha mãe me matriculou na flauta, e depois de um tempo eu "afinei" e fui pro coral com o mesmo professor. Quem diria que eu chegaria a cantar no louvor da igreja.

9. A primeira vez que contei história pra crianças na igreja achei que eu ia ter um treco do coração. Fiquei tão nervosa que é possível que os pequeninos nem tenham me entendido.

10. Meus bolos normalmente não crescem e eu tenho pavor de desossar um frango: SoCOooOOrro!

11. Sou intolerante a lactose

Perguntas da tag:


Porque você resolveu criar o blog?
Quando ficou decretado que eu e o Her iríamos nos casar (em 2009) resolvi escrever um pouco sobre todo o processo, para desestressar. E eu sempre amei escrever, como uma boa jornalista. No fim era pra falar das coisas até o casamento e virou um blog falando sobre muitas outras coisas da vida de uma mulher.

Qual é o seu maior medo?
Perder minha mãe e marido. Ficar sozinha não dá né? Tenho um acordo com Deus, prefiro que Ele nos arrebate todos juntos hehehe

Qual é a sua maior lembrança da infância?
Eu brincando de escolinha fazendo as outras crianças fazerem dobraduras. A minha mãe montava a barraca nas férias e lá era o nosso clubinho, era muuuuito legal. Tinha até biblioteca e a gente alugava livros pras crianças do conjunto.

Verão ou inverno?
Verão, inverno dói o corpo e a gente parece uma almondega de tanta blusa :D.

Lugar dos sonhos:
Minha casa. Tem semanas tão corridas que eu passo tão pouco tempo nela. Quando volto, falo pra Deus: Muito obrigada pelo meu lar. Já diria o pumba: Lar é onde o bumbum descansa. Amo o meu ;)

Livro predileto:
Eu amo ler, acho que seria injusto escolher um predileto. Mas... Campo de Batalha da Mente da Joyce Meyer mudou muito a minha vida, Max Lucado é mara! E não cristão eu tenho o meu favorito: Um Dia.

Se puder escolher um lugar fictício qual seria?
Olha, eu sou tão realista que é difícil escolher algum lugar fictício, sério.

Praia ou piscina?
Piscina, gosto de saber onde estou pisando, leia-se: Lajotas. Nada de possíveis siris, conchas e sabe-se lá mais o que, que existe dentro do mar haha

O que você mais gosta em você mesma?
Eu gosto muito do que me tornei com Deus. Nunca me achei nenhuma beldade, sou meio diferente pela mistura de raças. Mas com Deus me tornei uma mulher sábia, habilidosa, que sabe usar seus dons. Todo mérito pra Ele.

Se tivesse o poder de mudar o mundo, o que mudaria?
Mudaria essa dinamicidade do mundo de hoje, essa correria. Faria com que todos tivesse mais tempo, para meditar na Palavra, falar com Deus, evangelizar pessoas. Eu sofro mesmo com a correria dos meus dias, o tempo ás vezes parece muito pouco pra tudo o que meu coração gostaria de fazer.

Se tivesse a oportunidade de escrever em um muro, o que escreveria?


É isso aí? Até mais!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...