quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Os anos que passam e a misericórdia de Deus



Os anos passam vuuuandio. Já diz todo mundo não é verdade? E parece mesmo que quanto mais velhas ficamos, mais rápido eles se vão.

E chegou mais um dezembro, e mais uma correria sem medida de tudo o que o trabalho ministerial nos pede. Ensaio, programações... Além claro de tudo o que a vida secular nos pede que é confraternização + confraternização. E este ano, mais três casamentos. Sim está intenso. Se toda esta vida passa rapidamente, porque não vivê-la com intensidade né?

... mas confesso, estou cansada hehehe e todo final de ano eu digo que no outro final de ano não vou fazer tanta coisa. Mas não consigo... é o meu chamado, e de novo faço o que posso e o que não posso hehehe

Mas nem era disso que eu ia falar. Eu ia mesmo era fazer uma breve retrospectiva, eu sei que você lê aí. Mas você não sabe o prazer que eu tenho em ler o que eu mesma escrevi depois de tantos anos e ver meu amadurecimento em todos os posts, é muito legal. Aqui não deixa de ser um pequeno diário da minha vida passageira.

Enfim este ano aconteceram algumas mudanças significativas, acredito que a principal delas foi eu ter decidido iniciar a faculdade de Teologia. Não pra ser pastora, ou algo assim. Mas na intenção de agir com mais zelo nos ministérios que o meu Pai me deu. Assumindo a liderança do ministério infantil da igreja, o que foi um grande desafio, eu me vi em diversas situações em que, o que eu aprendi na faculdade foram de extrema ajuda. Cara, que massa! Que massa, ter colegas crentes na sala de aula, que massa estar numa faculdade que parece um retiro. Agradeço ao Senhor por me proporcionar viver isso.

Também pude ver muitos dos meus pequenos alunos descendo as águas do batismo, depois de um retiro incrível que pude estar junto deles. Cara, que massa! Que massa ver eles ali, entregando suas vidas a Cristo e crendo que Deus fará maravilhas através da vida deles.

Eu pude viajar, tirar férias. Aprender novos esportes. Sentir a adrenalina enOOrme de quem desce uma cachoeira de rapel (ainda não acredito que eu fiz isso, que louca). Meu este ano foi massa. Lembro que eu pensei no início de 2013 que seria um ano de colheita mesmo. Depois dos primeiros anos de casamento com muita dificuldade financeira depois de o Her ficar desempregado duas vezes, este ano foi mesmo muito legal, e foi possível realizar muitos sonhos. Obrigada Deus por fazer isto em minha vida.

E pra encerrar, queria falar sobre a misericórdia do nosso Deus. Eu amo esta característica, porque como diz a Sua Palavra, é graças a ela que não somos consumidos.
Mas o que é misericórdia?
Misericórdia é um sentimento de compaixão, despertado pela desgraça ou pela miséria alheia. A expressão misericórdia tem origem latina, é formada pela junção de miserere (ter compaixão), e cordis (coração). "Ter compaixão do coração", significa ter capacidade de sentir aquilo que a outra pessoa sente, aproximar seus sentimentos dos sentimentos de alguém, ser solidário com as pessoas.
Deus nos vê miseráveis, não somos merecedores meeesmo de tanto amor, de tanto carinho, mas de repente quando a gente se acha o bicho da goiaba, lá vem Ele com sua INFINITA (sem fim) misericórdia, e nos ama, realiza nossos sonhos, nos dá alegrias.

Em 2013 agradeço sobretudo pelo Seu amor por mim, e por ter sido tão generoso com a minha vida. Muito obrigada Deus!


Quem é sábio atente para essas coisas e considere as misericórdias do SENHOR. Salmos 107:43

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...